Royal Wedding

Hoje foi o dia em que o meu longo sonho de casar com o meu príncipe se acabou. O conto de fadas entre o Príncipe Harry e Meghan ocorreu hoje por volta do meio dia.

Um casamento mais simples que o do seu irmão William, contudo foi marcado pelo entusiasmo de um verdadeiro digno casamento real.

Foram 600 convidados a apresentarem-se na belíssima capela de São Jorge no castelo deWindsor, com uma arquitectura e decoração detalhada dedicada à natureza.  Uma grandiosa capela decorada com candeeiros de pés altos minimalistas e árvores que deram um toque acolhedor a este grande edifício.

capela

Harry mostrava-se nervoso e com o seu ar natural de traquina, todavia mostrando uma postura elegante na sua farda do exército tal como o seu irmão que esteve do seu lado enquanto este esperava ansiosamente pela noiva.

A nível de convidados a diversidade foi grande, desde ex namoradas de Harry a Oprah, George Clooney e Amal, Vitoria e David Beckham. Neste casamento os políticos foram excluídos.

A nível de vestuário considero que foi mais básico do que no casamento de William e Kate, contudo as cores mais primaveris foram as mais escolhidas, principalmente o amarelo e sem nunca se descuidarem dos chapéus.

Camila Shand, Duquesa da Cornualha e Duquesa de Rothesay e Doria Ragland, mãe de Meghan, foram das mais bem vestidas com cores pasteis a primeira de cor-de-rosa e a segunda de verde, revelando simplicidade e elegância.

Quanto à Rainha, esta optou também por um verde, mas um verde lima com apontamentos a roxo. A Rainha tem de usa roupas mais exuberantes para sua própria proteção, visto que assim é mais fácil identificá-la pelos seus seguranças.

Tenho agora mesmo que comentar o vestido da noiva – Meghan Markle – não tenha sido este um Givenchy.

Pessoalmente, que tenho gostos mais exuberantes, achei o vestido bastante simples, todavia com a beleza da noiva pouco era preciso – já que também usava uma tiara emprestada pela Rainha de 1932 absolutamente de cortar a respiração.

O vestido lembrou-me muito dos vestidos que Givenchy fazia para a Audrey Hepburn devido ao seu corte nos ombros e simplicidade na silhueta. Não sei explicar bem, contudo Givenchy sempre conseguiu que os seus vestidos fossem simples mas chamativos. Talvez o facto de ele ter começado a ser o designer escolhido pela Audrey quando esta começou a ganhar fama tenha ajudado a criar uma ligação entre a beleza delicada da actriz e as roupas que envergava e foi graças a ela que ele conseguiu alcançar a fama mais rapidamente.

A verdade é que olhando para o vestido de Meghan se vê a assinatura de Givenchy.

meghan-markle-wedding-dress-3

Esta foto mostra toda a elegância do feliz casal com um apontamento ao bouquet da noiva que era constituído pelas flores preferidas da princesa Diana.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s