THAT hair cut

Tive este corte de cabelo há uns bons meses e quando o faço gosto dele nos primeiros tempos porque é dinâmico meio rebelde e dá pouquissimo trabalho.

O problema é que depois passo o resto dos meses a rezar aos deuses do cabelo para que ele volte a ser bem comprido.

Agora que o meu cabelo está a crescer, quero voltar a tê-lo assim, como se por magia esquecesse que a franja no Verão é um pesadelo e que vou parecer ainda mais ter 18 anos.

Os cortes de cabelo são como aqueles homens que têm uma longa paixão por nós mas que não é recíproca: gostamos da atenção de vez quando mas preferimos outra coisa.

E é o que acontece comigo, adoro este penteado de vez em quando mas é muito fácil de me fartar, contudo muito fácil de o voltar a fazer novamente.

Há gente que não aprende mesmo…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s